image
COMPREENDI
image
voltar Saúde e Medicina

As doenças do coração

Atualizado a 29 maio 2019

Todos os anos, as doenças do coração provocam mais de 35 mil mortes em Portugal. Estas patologias representam cerca de um terço da mortalidade da população. Entre as mais frequentes estão a aterosclerose, as arritmias, a cardiomiopatia e a hipertensão arterial.

Conhecer os principais fatores de risco é uma das melhores estratégias para contrariar esta tendência. Saiba o que fazer para prevenir as principais doenças do coração.

Fatores de risco
Além do envelhecimento e do histórico familiar, pode ser uma consequência de hipertensão arterial, obesidade, diabetes ou níveis altos de colesterol. O tabagismo, uma dieta incorreta e o sedentarismo são outros gatilhos para a aterosclerose.

Consequências
Dependendo do local onde se desenvolve, este tipo de doenças do coração pode estar na origem de isquemia cerebral, transitória, AVC, angina de peito, enfarte agudo do miocárdio, insuficiência renal e aneurismas.

Como prevenir?
A melhor estratégia passa por seguir hábitos de vida saudável. Entre eles incluem-se o exercício físico regular, controlo do peso, não fumar e seguir uma dieta como a mediterrânica.

Fatores de risco
A doença arterial coronária, hipertensão arterial, problemas cardíacos congénitos, alterações na tiroide, diabetes e apneia obstrutiva do sono são os principais fatores de risco. Maus hábitos de vida como o alcoolismo, o tabagismo e a ingestão exagerada de cafeína podem também provocar arritmias. Outro gatilho é a toma incorreta de alguns fármacos.

Consequências
Quando estas irregularidades se acentuam e afetam a capacidade do coração bombear o sangue, podem dar origem a palpitações, dores no peito, dificuldade em respirar, vertigens ou desmaios, e provocar enfartes agudos do miocárdio e AVC.

Como prevenir?
Tente reduzir o stress, seguir uma alimentação saudável, aumentar a atividade física e limitar o consumo de bebidas alcoólicas e cafeína. Não fumar e respeitar a toma correta de medicamentos são outras estratégias a adotar para evitar este tipo de doenças cardíacas.

Fatores de risco
Nestes incluem- se o histórico familiar, hipertensão arterial prolongada, enfarte agudo do miocárdio, doença nas artérias coronárias e infeções cardíacas. Também associada a esta patologia estão doenças como a diabetes, problemas na tiroide ou desequilíbrios orgânicos associados ao excesso de ferro. Outros fatores de risco para este tipo de doenças cardíacas incluem-se o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, a obesidade e a toma de drogas ilícitas.

Consequências
Além de insuficiência cardíaca, a cardiomiopatia pode dar origem à formação de coágulos sanguíneos, problemas a nível das válvulas cardíacas e morte subida.

Como prevenir?
Em muitos casos não é possível prevenir a cardiomiopatia. No entanto, aconselha-se uma dieta equilibrada, a prática regular de exercício físico moderado, dormir devidamente e controlar a tensão arterial, o colesterol e a diabetes. A redução dos níveis de stress e evitar o consumo de álcool e drogas ilícitas são outras atitudes decisivas.

Fatores de risco
O envelhecimento é uma das causas “naturais” de hipertensão arterial, principalmente nos maiores de 65 anos. Outros gatilhos são o histórico familiar, o excesso de peso, o sedentarismo, o tabagismo ou uma dieta com presença exagerada de sal. O stress, o alcoolismo e doenças crónicas a nível renal, diabetes ou apneia de sono são outras das causas da hipertensão arterial.

Consequências
Além de aumentar a possibilidade de enfarte agudo do miocárdio e AVC, a hipertensão arterial pode também estar associada a insuficiência cardíaca e renal, aneurismas, cardiopatia isquémica, incluindo angina de peito e morte súbita.

Como prevenir?
A melhor forma de o fazer é seguir hábitos de vida saudáveis como uma alimentação equilibrada com ingestão reduzida de sal e fazer exercício físico. A par disso, deve evitar-se fumar e o excesso de álcool assim como fazer a medição da tensão arterial de forma regular, seja no consultório ou em casa.

Pode também ler

Ver mais artigos

O meu Seguro de Saúde está aqui

App Médis: o seu Serviço Pessoal de Saúde sempre consigo.

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

dados

Para que possa avançar para a sua área pessoal, atualize por favor os seus dados.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre os seus Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar