COMPREENDI
Mais Médis Saúde e Medicina

Surdez: Causas, preconceitos e dificuldades

Atualizado a 21 setembro 2018

Dia Nacional do Surdo (24 de setembro)

Numa data em que se assinala o Dia Nacional do Surdo o objetivo é sensibilizar a população para os problemas de inclusão desta população e para a importância do rastreio com vista ao seu despiste.

A prevenção é uma das melhores formas de combater um problema que atinge cerca de 5% da população mundial e cerca de 115 mil pessoas em Portugal, sendo o hábito de ouvir música alto um dos problemas a combater. É, por isso, decisivo saber o que fazer para proteger a saúde auditiva, assim como conhecer os implantes cocleares, um dispositivo que ajuda a melhorar a vida de milhares de surdos.

A importância do rastreio auditivo

A deteção precoce de problemas auditivos é determinante para uma melhor avaliação, daí que os rastreios sejam fundamentais. Por norma são realizados à nascença e em idade pré-escolar, mas são recomendados em qualquer idade, principalmente se existirem queixas ou sintomas.

Nesse sentido, a família tem um papel preponderante. Face a situações como ausência de reação a sons, alteração de comportamento e extrema passividade da criança, é aconselhável procurar ajuda profissional.

Assim, aconselha-se uma ida ao pediatra que, eventualmente, poderá encaminhar a criança para um otorrinolaringologista. Também aos adultos se aconselha um acompanhamento médico regular, em especial a pessoas que profissionalmente estão expostos a ruídos elevados, pois o diagnóstico precoce é uma das melhores formas de prevenção.

Remoção da cera
O bloqueio do ouvido, devido ao acumular de cera, é uma causa reversível da perda auditiva. O processo é, normalmente, relativamente simples, ainda que seja aconselhável falar com o seu médico sobre o mesmo.

Cirurgia
Pode ser recomendada na sequência de uma lesão no ouvido ou pelo efeito traumático de repetidas infeções.

Aparelhos auditivos
Se a perda auditiva está relacionada com danos no ouvido interno, existem alguns aparelhos que possibilitam a ampliação de sons, tornando-os mais fortes e fáceis de ouvir. Por vezes, a aplicação destes dispositivos implica um acompanhamento terapêutico.

Implante coclear
É uma das mais recentes inovações em termos de tratamento auditivo e é aconselhado nos casos de surdez. Trata-se de um aparelho eletrónico que amplifica o som e o direciona para o canal auditivo, compensando danos no ouvido interno, em particular na cóclea (parte do ouvido que transforma os sons em sinais elétricos que são interpretados pelo cérebro). A adaptação a este aparelho implica um acompanhamento médico.

Pode também ler

Ler mais

O meu Seguro de Saúde está aqui

Descarregar a aplicação Médis para o meu smartphone

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

contactos

Para que possa avançar para a sua área pessoal, por favor, atualize os seus contactos.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre o estado dos seus pedidos de Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar