image
COMPREENDI
image
voltar Saúde e Medicina

Próxima paragem: Consulta do Viajante

Atualizado a 01 agosto 2019

Finalmente aproxima-se no calendário a data das suas férias. Marcou a viagem, tem o alojamento marcado e já consultou os guias de viagem para saber o que não pode faltar no itinerário. No entanto, pode ter-se esquecido da Consulta do Viajante.

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) aconselha a que, caso vá viajar para um destino longínquo, dentro ou fora da Europa, deverá marcar esta consulta. Não descure este cuidado, porque como diz o ditado, “quem vai ao mar, avia-se em terra”.

Quando o destino é a União Europeia

No caso de viajar para países da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, deve adquirir o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD). Na prática é um cartão que lhe permite usufruir do sistema de saúde do país para onde viaja.

No entanto, lembre-se que os cuidados de saúde no estrangeiro podem não ser gratuitos, levando ao pagamento das taxas moderadoras em vigor, valores estes que não são reembolsáveis.

O CESD é individual e pode ser requerido em qualquer departamento da Segurança Social, ou ainda no site, caso possua um leitor de cartões de cidadão. Caso não seja portador do CESD, quando viajar vai receber sempre todo o tratamento necessário sem ter de voltar a Portugal.

No entanto, se o possuir, facilita o contacto com as instituições de saúde do país de destino, além de que vai tornar possível o reembolso de todas as despesas (que não taxas moderadoras ou comparticipação) pagas diretamente.

Pode também ler

Ver mais artigos

O meu Seguro de Saúde está aqui

Descarregar a aplicação Médis para o meu smartphone

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

dados

Para que possa avançar para a sua área pessoal, atualize por favor os seus dados.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre os seus Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar