image
image;
voltar Gravidez e Saúde Infantil

Olá, mãe! Olá, pai! Este sou eu!

Atualizado a 01 janeiro 2021

Gravidez: 12ª semana | 3º mês | 1º trimestre

A seguir ao resultado do teste de gravidez e ao parto, este talvez seja o momento mais esperado pelos pais: a primeira ecografia, o momento em que vão ver o bebé pela primeira vez. É certo que é através de um ecrã com imagem a preto e branco, mas já dá para matar alguma curiosidade, verdade?

A ansiedade é muita para saber, afinal, como está aquele pequeno ser a crescer e, nesta primeira ecografia, já será possível recolher muita informação.

Os testes pré-natais não invasivos permitem analisar fragmentos de ADN fetal em circulação no sangue materno e facultar uma estimativa do risco para a deteção das trissomias 13, 18 e 21. Este tipo de análises pode ser realizado a partir das 10 semanas de gravidez e são exames de rastreio, ou seja, fornecem probabilidade de deteção (não dão certezas). No mercado, existem vários testes pré-natais não invasivos comercializados por diversos laboratórios. Globalmente, a taxa de deteção da trissomia 21 destes exames é superior a 99%.

A deteção de trissomia 21 por um teste pré-natal não invasivo implica a realização de um procedimento invasivo para confirmação do diagnóstico. Comparando com o rastreio combinado do primeiro trimestre, o teste pré-natal não invasivo tem uma taxa de deteção maior e permite um resultado mais precoce. Tendo em conta que este exame apenas necessita de uma colheita de sangue materno, pode ser realizado por qualquer grávida, independentemente da sua idade ou da existência ou não de fatores de risco.

Já os exames pré-natais invasivos (amniocentese, por exemplo) têm como objetivo a obtenção de material genético fetal e permitem determinar com 100% de rigor algumas anomalias cromossómicas, como a trissomia 21. Estes exames estão indicados em várias situações clínicas, como rastreio combinado do primeiro trimestre positivo, teste pré-natal não invasivo de alto risco, alterações na ecografia morfológica e anomalia cromossómica numa gravidez anterior, entre outros.

Voltando à primeira ecografia, é, de facto, muita informação a que o médico vai recolher neste exame e essencial para saber como está a saúde do seu bebé.

Mas, reconheça, deitou o olho ao ecrã para ver se já dava para saber se é menino ou menina? Para saber o sexo ainda vai ter de esperar mais um pouco.

Programa Bebé Médis

Descubra este programa dedicado a todos os pais e futuros pais!

Pode também ler

Ver mais artigos

O meu Seguro de Saúde está aqui

App Médis: o seu Serviço Pessoal de Saúde sempre consigo.

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

dados

Para que possa avançar para a sua área pessoal, atualize por favor os seus dados.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre os seus Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar