COMPREENDI
Mais Médis Gravidez e Saúde Infantil

Dores de cabeça nas crianças: o que fazer e como prevenir?

Atualizado a 10 setembro 2018

As dores de cabeça, ou cefaleias, são comuns nas crianças. Na maior parte das vezes não representam um problema sério. No entanto, noutros casos, podem requerer atenção médica.

As crianças têm enxaquecas ou cefaleias relacionadas com o stress, num quadro que, nalguns casos, pode ser crónico. Fique a conhecer as especificidades das dores de cabeça nas crianças. 

“MÃE, DÓI-ME A CABEÇA.”

Cerca de 5% das crianças são afetadas por cefaleias. Há estatísticas que apontam para que 4% das crianças tenham a sua primeira cefaleia antes de chegar ao ensino primário.

Normalmente, as dores de cabeça nas crianças podem ser tratadas com um analgésico de venda livre ou até com simples alterações de comportamento e estilo de vida, como deixar de beber refrigerantes com cafeína. No entanto, em alguns casos, a raiz do problema pode ser uma infeção, exposição a stress e ansiedade, esforço ocular derivado da falta de visão ou um até devido a um pequeno traumatismo craniano.

É assim importante prestar atenção aos sintomas e consultar um médico caso as dores de cabeça sejam frequentes ou de grande intensidade.

SINTOMAS PARA CADA TIPO DE CEFALEIA NAS CRIANÇAS

As crianças podem ter os mesmos tipos de cefaleias que os adultos, mas os sintomas podem ser diferentes, sobretudo em crianças mais jovens em que pode ser difícil descrever o que sentem. Numa criança, é raro uma enxaqueca durar mais de quatro horas, ao passo que num adulto pode durar esse tempo.

De maneira geral, as cefaleias podem dividir-se nos seguintes tipos:

SINAIS DE ALARME

A maior parte das dores de cabeça nas crianças não são graves. No entanto, necessitam de atendimento médico se:
- acordam e impedem o seu filho de dormir;
- pioram, ou seja, ficam mais intensas e mais frequentes;
- nota que alteram a personalidade do seu filho;
- ocorrem após um traumatismo como uma pancada na cabeça;
- são acompanhadas de vómito persistente ou mudanças na visão;
- se forem acompanhadas por febre, dor no pescoço ou rigidez;

Além destes sinais de alarme, deve levar o seu filho ao médico se as dores de cabeça forem acompanhadas de vómitos, sem outros sinais de doença, como febre ou diarreia.

Outro sinal de perigo é se o seu filho não for capaz de olhar para o teto, tocar no peito com o queixo e abanar a cabeça para a frente e para trás. Se não conseguir fazer estes movimentos deverá levá-lo às urgências médicas para despistar um eventual caso de meningite.

PREVENÇÃO DE CEFALEIAS

Muitas vezes, a prevenção das dores de cabeça nas crianças passa por uma mudança de hábitos. Conheça algumas sugestões:

Comportamentos saudáveis
Dormir um número de horas suficiente e com qualidade é um dos melhores comportamentos preventivos de dores de cabeça nas crianças. Por outro lado, o exercício, a alimentação saudável e a ingestão de água, assim como evitar bebidas com cafeína, pode ser a chave para acabar com as dores de cabeça nas crianças.

Reduzir o stress
O stress e os horários apertados podem aumentar a frequência de dores de cabeça nas crianças. Esteja alerta para todos os elementos da vida do seu filho que possam ser focos de stress, como dificuldade em fazer os trabalhos de casa ou ter relações saudáveis com as outras crianças. Se as dores de cabeça do seu filho estiverem ligadas a estados de ansiedade ou depressão entre em contacto com o seu médico.

Evite certos alimentos e bebidas
Um exemplo podem ser as bebidas com cafeína ou teína, como alguns refrigerantes e chás.

Siga os conselhos do médico
O seu médico pode receitar-lhe medicação preventiva se as dores de cabeça forem muito intensas, se ocorrerem diariamente ou se interferirem com o dia a dia do seu filho.

Pode também ler

Ler mais

O meu Seguro de Saúde está aqui

Descarregar a aplicação Médis para o meu smartphone

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

contactos

Para que possa avançar para a sua área pessoal, por favor, atualize os seus contactos.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre o estado dos seus pedidos de Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar