image
COMPREENDI
image
voltar Gravidez e Saúde Infantil

Conselhos úteis para o sucesso do aleitamento materno

Atualizado a 01 agosto 2019

A Semana Mundial do Aleitamento Materno é comemorada anualmente entre os dias 1 e 7 de agosto, em mais de 170 países, com o objetivo de encorajar esta prática e fomentar a saúde dos recém-nascidos de todo o mundo.

A escolha pela amamentação é uma opção que cabe única e exclusivamente à mãe. Os benefícios podem ser determinantes para o crescimento da criança, mas também trazem benefícios para a mãe e para a família, uma vez que é a forma mais económica e segura de alimentar o bebé.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselha a que as crianças sejam alimentadas exclusivamente por leite materno até aos 6 meses de idade e como alimento complementar durante dois anos ou mais.

Além de o alimentar, o leite materno tem uma enorme importância na proteção do bebé. O leite materno está cheio de ingredientes vivos, bem como de outros componentes bioativos, e todos ajudam a combater as infeções e a prevenir as doenças, contribuindo para um desenvolvimento saudável.

Uma boa pega

A posição é um aspeto importante a ter em conta na amamentação. Acima de tudo, ambos, bebé e mãe, devem sentir-se confortáveis. A mãe deve estar com as costas direitas e sentir-se bem apoiada. O bebé deve ter a barriga encostada à barriga da mãe e estar em linha com o peito.

Para saber se faz uma boa pega, é preciso prestar atenção a alguns sinais, nomeadamente se se ouve o bebé a deglutir, se a boca está bem aberta, se o queixo toca na mama da mãe e se os seus movimentos começam de forma rápida e vão acalmando ao longo da amamentação. Uma má pega pode ser lesiva para a mãe, no sentido em que podem surgir fissuras nos mamilos ou ingurgitamento mamário, quando o leite não é completamente esvaziado. Por outro lado, o bebé pode ficar insatisfeito, levando-o a chorar mais, não obtendo os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento.

Problemas?

É verdade que podem surgir alguns problemas durante a amamentação, nomeadamente dor nos mamilos, especialmente durante as primeiras semanas. Muitas vezes, uma simples mudança na posição do seu bebé durante a amamentação ajuda a aliviar esse incómodo. A pele excessivamente seca ou húmida, muitas vezes causada pelo uso de sutiãs feitos de tecidos sintéticos, pode também causar desconforto. O uso de sabonetes ou soluções que removem os óleos naturais da pele podem igualmente causar um ressecamento excessivo da pele.

Na maior parte das vezes a amamentação corre bem, mas quando não corre é preciso encontrar soluções. As primeiras passam geralmente pela manutenção do leite materno exclusivo, tentando perceber onde estão as dificuldades para corrigir os problemas. No entanto, isso nem sempre é possível, e caso a amamentação se torne um processo desconfortável, a mãe deverá mesmo consultar um especialista para poder usufruir da melhor forma desta experiência que é amamentar.

Pode também ler

Ler mais

O meu Seguro de Saúde está aqui

Descarregar a aplicação Médis para o meu smartphone

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

dados

Para que possa avançar para a sua área pessoal, atualize por favor os seus dados.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre os seus Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar