image
image;
voltar Gravidez e Saúde Infantil

Como lidar com a ansiedade da separação

Atualizado a 01 janeiro 2021

Sim, os bebés também sofrem de ansiedade. Sobretudo ansiedade da separação da mãe ou do cuidador mais próximo. Da mãe porque na grande maioria dos casos ainda é quem acompanha o bebé nos primeiros meses de vida em permanência, muito embora também possa acontecer com o pai.

Quando nascem, obviamente não têm a capacidade de perceber que ele e a mãe são duas pessoas diferentes e independentes. Com o desenvolvimento, por volta dos quatro ou cinco meses, o bebé começa a perceber esta distinção e desenvolve comportamentos que demonstram precisamente esse receio de se afastar da mãe, como por exemplo, chorar de cada vez que vai ao colo de outra pessoa.

A situação atinge o pico de ansiedade mais ou menos entre os oito e os 10 meses e por isso é recomendado que os bebés vão para a creche antes dessa idade.

É, então, normal que o bebé chore quando notar que a mãe não está por perto, ou quando, mesmo presente, o bebé vai ao colo de outra pessoa. Assim como é normal que, com o tempo, ele vá aprendendo que a mãe volta e que não o vai abandonar.

Contudo, se pensa, por exemplo, sair escondida da creche quando ele está distraído, reconsidere. É que esta não é a melhor estratégia, pois o bebé não vai ganhar confiança no regresso da mãe. O mesmo é recomendado quando é o pai a levar à creche: nada de sair às escondidas.

Portanto, quando tiver de sair, saia, despeça-se do bebé cara a cara mesmo que ele chore, pois com o tempo ele entenderá e passará a confiar que a mãe vai, mas volta.

Já em casa, não deixe de fazer as suas tarefas sozinha noutra divisão. O bebé pode chorar um pouco, mas vá dando nota da sua presença, falando com ele, para que ele perceba que pode estar sozinho numa divisão sem a mãe por perto. Claro está salvaguardando todas as questões de segurança.

Esta situação pode criar alguns constrangimentos aos pais e sobretudo alguns apertos no coração por verem o choro aflito do bebé, mas, por ser um comportamento comum que se pode prolongar até aos dois anos, não carece de avaliação especial por parte do pediatra.

Ainda assim, podem conversar com o vosso médico assistente para ele acalmar também a ansiedade que provavelmente sentem por ver o bebé a chorar.

Programa Bebé Médis

Descubra este programa dedicado a todos os pais e futuros pais!

Pode também ler

Ver mais artigos

O meu Seguro de Saúde está aqui

App Médis: o seu Serviço Pessoal de Saúde sempre consigo.

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

dados

Para que possa avançar para a sua área pessoal, atualize por favor os seus dados.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre os seus Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar