image
COMPREENDI
image
voltar Gravidez e Saúde Infantil

A importância de brincar na saúde das crianças

Atualizado a 05 junho 2019

A importância de brincar está consagrada no sétimo dos dez princípios dos Direitos das Crianças, declarados, em 1959, pela Organização das Nações Unidas (ONU): “o direito à educação gratuita e ao lazer infantil”. Mas, hoje em dia, o “lazer infantil” parece estar meio adormecido. Entre a escola, trabalhos de casa, natação, ginástica ou outros desportos, mais as aulas de música e o inglês, o espaço para brincar tem sido relegado para segundo plano.

Alguns pais ainda não entenderam a importância de brincar para o desenvolvimento dos filhos. Talvez por acharem que é uma perda de tempo… Mas não podiam estar mais enganados. De acordo com os autores do estudo “The Power of Play”, publicado na revista Pediatrics, brincar promove as “capacidades socioemocionais, cognitivas, de linguagem e de autorregulação que constroem a função executiva e um cérebro pró-social”. Esta afirmação ganha ainda mais força quando os pais, ou outras crianças, se juntam à brincadeira. Afinal, brincar é mais do que lazer; é uma mais-valia para o desenvolvimento dos mais pequenos. Por isso, leia este artigo, desligue o computador e vá brincar com os seus filhos.

Pode também ler

Ler mais

O meu Seguro de Saúde está aqui

Descarregar a aplicação Médis para o meu smartphone

Coloque o seu telemóvel na vertical

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Atualize os seus

dados

Para que possa avançar para a sua área pessoal, atualize por favor os seus dados.

Esta atualização irá permitir-lhe receber notificações sobre os seus Reembolsos e Pré-Autorizações.

Atualizar